Substituir fita adesiva por cola em embalagens gera economia de até 90%

Paulo Gomes Vieira

A troca ainda beneficia o meio ambiente ao evitar o descarte de dezenas de toneladas de lixo plástico

A eterna busca da indústria nacional por redução de custos, aumento de produtividade e menor impacto ambiental ganhou um importante aliado. A Adecol, maior fabricante 100% nacional de adesivos industriais, desenvolveu soluções que geram ganhos expressivos nestas frentes com a substituição de fitas adesivas e filme plástico por cola no fechamento de caixas e paletização (montagem de conjuntos de caixas ou sacos sobre bases de madeira ou plástico, os paletes, facilitando seu transporte). No segundo caso, a cola é utilizada no lugar do filme stretch, custando 83% menos.

Atualmente, o uso de fitas adesivas de material plástico (normalmente de polietileno) é uma das práticas mais adotadas por diversos setores para lacrar embalagens de papelão. Além de caras, as fitas se tornam um resíduo de difícil reciclagem, agredindo o meio ambiente.  Elas podem ser trocadas por adesivos Hotmelt ou PVA (também conhecido como cola branca) da Adecol, com facilidade na aplicação e limpeza de equipamentos, eliminação de lixo plástico e importante economia de recursos.

Em um levantamento realizado pela empresa com valores médios de mercado, o Hotmelt da Adecol necessário para fechamento de 50 mil caixas médias (575 X 365 X 455) sai por R$ 1.000,00 contra R$ 4.000,00 para aquisição de fita adesiva, ganho de 75%. Já com o PVA fornecido pela empresa o custo é ainda menor, R$ 500,00 para as mesmas 50 mil caixas, numa redução de 88% sobre o custo da fita.

“Mesmo considerando o investimento inicial de adaptação da linha, com a instalação de sistema aplicador, o benefício financeiro do uso do adesivo se reflete ainda no primeiro ano após a mudança”, afirma o diretor comercial da Adecol, Alexandre Segundo. “Isto sem considerar o expressivo ganho ambiental, que isoladamente já poderia justificar a adoção desta tecnologia, e as facilidades de manuseio, manutenção e aplicação”.

PALETIZAÇÃO INTELIGENTE – A aplicação de cola no lugar do filme plástico stretch em sistemas de paletes apresenta benefícios adicionais. Por suas características únicas (alta resistência lateral e baixa resistência vertical), o adesivo permite que as caixas reunidas sobre a base sejam destacadas. Além disso, no caso do uso do adesivo, é possível retirar apenas parte das unidades, mantendo as demais seguramente afixadas, flexibilizando a logística. O benefício ambiental é ainda maior, uma vez que a cola se integra ao produto na hora da aplicação, praticamente zerando a geração de lixo.

Como no caso do fechamento de caixas, a Adecol oferece soluções para paletização com adesivos Hotmelt e PVA. Com o primeiro, o custo médio para fechar 50 mil paletes com 40 sacarias de 25kg cada é de R$ 41.250,00, contra a média de R$ 172.500,00 necessários para a aquisição de filme plástico, economia de 76%. Na simulação utilizando o PVA para 50 mil paletes com 44 caixas cada, o custo da cola é de R$ 8.844,00, enquanto o stretch sai por cerca de R$ 618.000, uma queda de 83% no custo.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s